Exames na telemedicina: passo a passo, da solicitação à entrega

Quando falamos em telemedicina, pensamos na consulta entre paciente e médico on-line. Mesmo esta sendo um dos formatos da modalidade, ela também se estende a outras definições. 

No Brasil, a telemedicina era permitida apenas quando houvesse profissionais de saúde em ambos os lados. Dessa forma, era mais comum longe do público, na discussão de diagnósticos e casos clínicos. 

Com a pandemia do Covid-19, o Conselho Federal de Medicina passou a permitir a consulta on-line. Agora, a telemedicina é uma prática comum, que se mostrou fundamental para manter a saúde de forma segura.

Porém, é normal que esta nova forma de consultar traga algumas dúvidas. Um dos principais questionamentos é sobre a solicitação e encaminhamento de exames. 

Afinal, quando o médico pede um procedimento em uma consulta on-line, como proceder?

Neste artigo, entenda como funciona o requerimento e entrega de laudos médicos na telemedicina, passo a passo

1- Teleconsulta

As três formas de telemedicina autorizadas no país durante a pandemia do coronavírus são:

  • Teleorientação: tira dúvidas e encaminha pacientes em isolamento ou pessoas do grupo de risco;
  • Teleinterconsulta: troca de opiniões entre profissionais da saúde. Usado para chegar a um diagnóstico, tratamento ou para reportar algum caso clínico;
  • Telemonitoramento: possibilita que parâmetros de saúde sejam monitorados à distância.  

Na última modalidade, é comum que o médico precise de mais informações para fornecer orientações precisas. Por isso, mesmo em consultas virtuais a realização de exames continua sendo indispensável. 

Se este for o caso, o profissional de saúde emite o requerimento de exame de forma on-line

O documento é prescrito em uma plataforma governamental, e em sua criação uma chave de validação é criada. Isso garante sua veracidade e segurança.

Normalmente, o requerimento é enviado para seu e-mail.

2- Autorização e agendamento do exame

Se você for portador de plano de saúde, é provável que precise autorizar o exame previamente. Na maioria das empresas, você pode realizar esta etapa remotamente.

O próximo passo é marcar o exame em um laboratório ou clínica. Caso você faça parte do grupo de risco ou esteja em isolamento social, procure uma data e horário de baixo movimento. 

Nesta etapa, vale a pena procurar por instituições que possuem a emissão do laudo on-line. Dessa forma, não é preciso se deslocar novamente para buscar o resultado do exame.

Porém, mesmo que a empresa possua esta opção, note que nem todos os exames podem ser emitidos remotamente. Os principais exames que possuem laudo virtual são:

  • Eletrocardiograma (ECG);
  • Teste ergométrico;
  • Tomografia cardiovascular;
  • Eletroencefalograma (EEG);
  • Radiografia;
  • Ressonância nuclear magnética;
  • Mamografia;
  • Raio-x de tórax.

3- Realização do exame

O dia da realização do exame deve transcorrer normalmente. 

Para procedimentos com preparação prévia, uma dica é pedir o envio das instruções por e-mail. Assim, você as possui sempre por perto para não esquecer!

Durante a crise da Covid-19, a maioria dos exames é realizada com máscaras. Lembre-se de levar a sua e siga atentamente as orientações da equipe para obter o resultado mais claro possível. 

4- Emissão do laudo digital e acesso virtual

Na hora de passar o laudo do físico para o digital, o laboratório ou clínica deve ter em mente a importância do documento. Afinal, as informações médicas presentes no exame são de suma importância, portanto devem ser claras e de fácil acesso. 

As máquinas que realizam os procedimentos já tendem a emitir o resultado digitalmente. Logo, emitir o laudo virtual é um processo mais ágil quando comparado ao impresso. 

Para o paciente, também há mais praticidade. Quando seu exame fica pronto, você é avisado por mensagem ou telefone. Para acessá-lo, é só entrar na página da internet que lhe for designada. 

Na maioria das plataformas, é possível ver o laudo e enviar ao seu médico em poucos cliques. Você também poderá fazer download do seu exame. 

Mesmo virtualmente, é essencial guardar seus exames de maneira organizada. É preciso mantê-los em um local seguro e sempre à mão, evitando assim acidentes e perdas.

Para aprender dicas de como guardar seu exame mesmo no digital, leia nosso post sobre o assunto!

Quais são os benefícios de encaminhar exames através da telemedicina?

  • Reduz o deslocamento
    • Aumenta a chance de pessoas em regiões remotas e carentes realizarem os exames;
    • Beneficia idosos, pessoas com deficiência física e mobilidade reduzida;
    • Durante a pandemia do coronavírus, preserva a segurança de pessoas em grupo de risco.
  • Resultado fica pronto mais rapidamente
    • Acesso remoto a uma equipe multidisciplinar;
    • Processo ágil, permitindo que o paciente inicie seu tratamento o quanto antes.
  • Armazenamento seguro
    • É possível acessar os exames sempre que necessário;
    • Os arquivos permanecem em um banco de dados seguro, sem o perigo de sofrer danos pela ação do tempo;
    • Acesso seguro, apenas para pessoal autorizado.
  • Redução de custos
    • A empresa não precisa estruturar operações de emissão dos laudos;
    • Como as máquinas de exame já emitem resultados digitais, otimiza-se tempo;

Possui um exame para realizar e quer receber seu resultado de forma ágil e segura? Marque conosco e conte com a equipe da CEDIP para auxiliar em todo o processo!

Atenção! Alguns desses exames não são realizados pela CEDIP. Confira quais exames a Cedip realiza clicando aqui.