Hipertensão Arterial

Hipertensão arterial

O que é?

A hipertensão arterial, popularmente conhecida como pressão alta, é uma doença que afeta a circulação do sangue e pode gerar danos ao sistema cardiovascular. O estreitamento das artérias obriga o coração a bombear o sangue com mais força, dilatando o coração e danificando as artérias com o tempo. Pessoas hipertensas dificilmente apresentam sintomas antes que a doença atinja um estado avançado, por isso é importante ficar alerta para sinais como dores de cabeça e no peito, tonturas e outros desconfortos que aconteçam com frequência.

Tratamento e prevenção

De acordo com a Secretaria Municipal da Saúde de Curitiba, uma pessoa é considerada portadora de hipertensão quando, medindo a pressão arterial em repouso, apresenta valores iguais ou acima de 140 X 90 (mmHg). Nos casos de hipertensão leve, é realizado um tratamento não medicamentoso através da mudança de hábitos alimentares e da prática regular de exercícios físicos visando diminuir a pressão arterial, reduzindo assim os riscos de doenças cardiovasculares e colaborando no aumento da expectativa de vida dos pacientes.

Prevenir a hipertensão requer alguns cuidados diários com o corpo e a mente. Obesidade, ingestão excessiva de sal, estresse, ansiedade, sedentarismo, fumo e consumo excessivo de doces e gorduras são fatores que favorecem o aumento da pressão. Pessoas acima de 60 anos tem maior risco de desenvolver a doença.

É possível controlar a hipertensão arterial, mas o paciente deve se comprometer a tomar os remédios corretamente e a mudar seus hábitos de vida. Quando não tratada, a pressão alta aumenta os riscos de doenças do coração e das artérias sanguíneas, podendo afetar o cérebro e os rins. Segundo dados da Secretaria Municipal da Saúde de Curitiba, a doença é a segunda causa de internamento hospitalar e a primeira causa de morte por enfermidades cardiovasculares na cidade.

Fontes: Biblioteca Virtual em Saúde do Ministério da Saúde e Secretaria Municipal da Saúde do Paraná
Hipertensão arterial