Labirintite

Labirintite

Rara, a labirintopatia é habitualmente chamada de labirintite, doença que se caracteriza pela inflamação aguda do ouvido interno, também conhecido como labirinto, e que prejudica tanto a audição quanto o equilíbrio e pode levar à perda auditiva completa.

Esse processo acomete, na maioria das vezes, adultos e idosos (especialmente as mulheres), mas pode também se manifestar em crianças.

Entre as principais disfunções do labirinto estão a Vertigem Posicional Paroxística Benigna (VPPB) e a Doença de Meniére, ambas caracterizadas por vertigens fortes. No entanto, enquanto a primeira tem curta duração, a segunda pode acontecer durante dias.

Fatores de risco

As questões genéticas, os distúrbios metabólicos, a hipertensão e o colesterol são fatores de risco para a labirintite, bem como o fumo e o excesso de bebidas alcoólicas.

Além disso, colesterol alto, doenças hormonais, degenerativas, autoimunes e vasculares também figuram como questões agravantes nas quais estão presentes também dietas desequilibradas, o excesso de açúcar refinado e cafeína.

São complicadores ainda os fatores psicológicos como depressão, ansiedade e estresse.
O uso frequente de fones de ouvido também faz parte dos fatores de risco por dois motivos: O som intenso e a sujeira presente nos acessórios.

Sobre o fator sonoro ele é prejudicial pelo fato de lesar as células sensoriais que têm contato íntimo com o labirinto.

Quanto à sujeira ela pode ser um meio de transporte para bactérias que infeccionam a pele do ouvido.

Sintomas

Entre os sintomas da labirintite estão a tontura giratória, vertigem, zumbidos e pressão nos ouvidos.

Além desses sintomas principais estão também relacionados a náusea, vômitos, distúrbios gastrointestinais, sudorese, febre e sintomas de infecção.

Diagnóstico

Para diagnosticar a labirintopatia de maneira efetiva é necessária uma avaliação clínica e exames laboratoriais específicos, bem como testes oculares e motores que envolvem diversos dispositivos.

Fontes: Blog da Saúde (Ministério da Saúde), Rádio EBC,  SPDM – Associação Paulista para o Desenvolvimento da Medicina e SBie – Sociedade Brasileira de Inteligência Emocional.

Voltar