Ressonância para identificação de problemas de ATM

ATM é uma sigla usada para descrever as articulações temporomandibulares, que são as articulações que permitem o movimento de abrir e fechar a boca. A ATM é uma das articulações mais complexas que o corpo humano possui, e faz o encaixe entre a mandíbula com os ossos do crânio.

É possível localizá-las facilmente. Basta posicionar os dedos na frente da orelha e abrir e fechar a boca. As articulações que você percebe estarem se mexendo são as ATM. Logo, é possível entender como uma disfunção da articulação temporomandibular ocasiona uma série de incômodos para o paciente.

O que são problemas de ATM?

Estima-se que 6 em cada 10 pessoas podem apresentar algum problema na ATM. Basicamente, uma disfunção da ATM é uma anormalidade nessas articulações, ou nos músculos ligados à mastigação, que pode ser ocasionada por diversos fatores. Por exemplo:

  • Traumas em geral na região da cabeça e face;
  • Parafunções como o bruxismo;
  • Alterações de crescimento e desenvolvimento do complexo dentofacial;
  • Algumas doenças sistêmicas como a Artrite Reumatoide, e a fibromialgia, por exemplo;
  • Fatores emocionais, como estresse, ansiedade e depressão;
  • entre outros.

Quando a ATM está comprometia funcionalmente   o pacientei estará sofrendo de uma Disfunção Temporomandibulare Articular (DTM Articular).

Sintomas das disfunções da ATM

  • Dificuldade, incluindo dor, para mastigar, bocejar, entre outros movimentos da mandíbula;
  • Dores na região das orelhas;
  • Dores de cabeça frequente, mais precisamente na região das têmporas;
  • Barulho semelhante a “click” na região da orelha quando abre e fecha a boca;
  • Sensação de mandíbula travada, principalmente ao bocejar ou abrir demais a boca;
  • Desgastes dos dentes;
  • Dores musculares na face ou pescoço.

Ressonância magnética nos problemas de ATM

O que é ressonância magnética?

Um dos procedimentos mais modernos no campo do diagnóstico por imagem, o exame de ressonância magnética utiliza ondas de radiofrequência, sem radiação, para estudar partes do corpo com altíssima precisão.

A ressonância magnética no diagnóstico das Disfunções da ATM?

A ressonância magnética (RM) é o exame de eleição para o estudo da articulação temporomandibular (ATM). Além de ser uma técnica não invasiva e sem emissão de radiação, permite a visualização tanto de estruturas compostas por tecidos moles como o disco articular, como de tecidos duros, a cabeça da mandíbula por exemplo. Como mostra com precisão a posição do disco da ATM é o exame padrão ouro para avaliação de alterações funcionais como o estalido. Nos casos de artralgia (dor nas ATM) é de grande valia para detectar a magnitude do infiltrado inflamatório intra-articular, servindo também a RM para detectar a presença de cistos subcondrais. Assim sendo, para pacientes que apresentam sinais e sintomas de dor articular, estalidos, crepitação e limitação da abertura da boca associados à ATM no exame clínico, a indicação do exame de RM é extremamente útil para complementar e trazer acurácia ao diagnóstico.

Agende seu exame de ressonância magnética na melhor clínica de diagnóstico por imagem de Curitiba!

Matéria escrita com base nas informações de Dr. Paulo Cunali – Clínica da ATM .

Atenção! Alguns desses exames não são realizados pela CEDIP. Confira quais exames a Cedip realiza clicando aqui.